Norte de SC ganhará um novo porto

O Norte de Santa Catarina ganhará um novo porto. Será em Itapoá, próximo, inclusive, do porto privado já existente, que está entre os maiores terminais de contêineres do País.

De propriedade da Coamo, maior cooperativa agroindustrial da América Latina, o novo porto já tem terrenos comprados há pelo menos seis anos e agora está na fase de estudos ambientais.

Essas análises, explica Edenilson Carlos de Oliveira, diretor de Logística e Operações da Coamo, são para medir o impacto ambiental e estabelecer medidas compensatórias. É feito todo um trabalho de estudo da fauna e da flora tanto terrestre quanto aquática, com retirada de amostras nas quatro estações do ano, para mensurar o quanto de impacto ao meio ambiente o empreendimento poderá trazer.

“É uma grande caminhada até a instalação do porto. Conseguimos as licenças para fazer os estudos de impacto ambiental para, depois, buscar as licenças e alvará de construção”, acrescenta o diretor.

Segundo ele, a Coamo está sempre conversando com a Prefeitura de Itapoá a fim de adequar o empreendimento ao plano diretor do município.

“Conversamos bastante para estar em consonância com a regulamentação municipal”, sublinhou Edenilson Carlos de Oliveira.

Investimento
O investimento aproximado do novo porto fica em torno de R$ 800 milhões, mas, novamente, o valor pode mudar de acordo com o modelo de operações.

O novo porto deve entrar em operação em cinco anos. Pelo menos, esta é a expectativa da Coamo, que hoje está presente com cinco unidades no Oeste catarinense e exporta óleo bruto de soja via Porto de Paranaguá (PR) e Porto de São Francisco do Sul.

Fonte: https://ndmais.com.br/economia-sc/norte-de-sc-ganhara-um-novo-porto/